Sábado, 04 de Julho de 2020
63 9 8473 3732
Gurupi Empreendedorismo

Empreendedoras desenvolvem projeto de piscicultura sustentável em área doada pela Prefeitura de Gurupi

As empreendedoras explicaram que o projeto também tem uma perspectiva educacional, com projetos de pesquisa e extensão voltados para a área de pesquisa científica mirim e empreendedorismo,

22/06/2020 16h24
346
Por: Redacão Fonte: Secom/Gurupi
Empreendedoras desenvolvem projeto de piscicultura sustentável em área doada pela Prefeitura de Gurupi

Na manhã desta segunda-feira, 22, o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, juntamente com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Domingos Tavares, receberam no gabinete da prefeitura, as empreendedoras Marise Tanaka Suzuki e Marcilene de Assis Alves Araújo, representantes da empresa Alves e Tanaka Piscicultura Sustentável. A Prefeitura efetuou a doação de um terreno no Parque Agroindustrial de Gurupi (PAIG), para que o projeto proposto seja desenvolvido.

 

A empreendedora Marise Tanaka Suzuki explica o trabalho que está sendo desenvolvido. “A Alves e Tanaka é uma piscicultura sustentável, com foco na criação de tilápia, e de uma forma diferente do que as pessoas estão acostumadas a ver. Estamos usando um sistema de recirculação de água, que possibilita o reaproveitamento da água para a criação do peixe, e poderemos usá-la para o cultivo de hortaliças, pois essa água já possui nutrientes naturais do trato com o peixe, e com isso diminuímos os gastos com adubo. Estamos chegando aos 9 mil peixes e já estamos trabalhando na produção das hortaliças, pensando mais na variedade dos alimentos do que na quantidade, o pouco que conseguiremos produzir será de qualidade e totalmente orgânico. Com a ajuda da prefeitura nós pudemos colocar tudo o que planejamos em prática, todo o espaço já está sendo ocupado, e futuramente teremos um abatedouro, tudo integrado nesse sistema de criação”, disse.

 

Para Marcilene de Assis Alves Araújo, um dos objetivos do empreendimento é contribuir com o desenvolvimento de Gurupi. “Começamos a produção em fevereiro, nosso ciclo é de seis meses, a partir desse primeiro ciclo a cada semana nós teremos produtos frescos e de qualidade para entregar para a comunidade local, e com a possibilidade de expansão. Nós tivemos um apoio muito significativo da prefeitura, em todas as nossas solicitações para organizar o terreno e toda a parte de documentação, foi fundamental toda a colaboração. E o que nós queremos agora é investir em mão de obra, dar a possibilidade de emprego para a população”, disse.

 

As empreendedoras explicaram que o projeto também tem uma perspectiva educacional, com projetos de pesquisa e extensão voltados para a área de pesquisa científica mirim e empreendedorismo, por meio de parceria com as escolas municipais assim que houver o retorno das aulas, e também farão assessoria direta a piscicultores, com orientações sobre o manejo e cuidados com o meio ambiente. 

 

Para o prefeito Laurez Moreira é um grande ganho para a cidade um empreendimento como esse, além de ser um projeto que pode inspirar outras pessoas, outras mulheres, ele está ajudando no crescimento de empregos e da renda. “Fico muito feliz de ver mulheres engajadas e empreendedoras, a nossa gestão faz questão de incentivar e dar todo suporte, pois o sucesso das empresas reflete diretamente na economia do município de forma altamente positiva”, disse o gestor.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.