Quinta, 26 de Novembro de 2020 15:10
63 9 8473 3732
Gurupi Laurez Moreira

Justiça Eleitoral multa Laurez por outdoors irregulares em período vedado e determina retirada em dois dias

De acordo a representação, a coligação dos candidatos Gutierres Torquato e Eduardo Fortes, em conluio com o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, vem utilizando de forma incisiva as obras realizadas com recursos públicos.

23/10/2020 14h42 Atualizada há 1 mês
865
Por: Redacão
Justiça Eleitoral multa Laurez por outdoors irregulares em período vedado e determina retirada em dois dias

 

O juiz da 2ª Zona Eleitoral, Nilson Afonso da Silva, acatou uma representação feita pela Coligação Agora é a Hora, da candidata a prefeita Josi Nunes, e decidiu, nessa quinta-feira, 22, multar o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, por veiculação de outdoors irregulares em período vedado pela legislação eleitoral. 

 

De acordo a representação, a coligação dos candidatos Gutierres Torquato e Eduardo Fortes, em conluio com o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, vem utilizando de forma incisiva as obras realizadas com recursos públicos, com clara finalidade de obter vantagem indevida perante o eleitorado de Gurupi, com potencial para desequilibrar a disputa. 

 

“O atual prefeito de Gurupi está promovendo publicidade institucional em período vedado pela lei eleitoral, ao colocar outdoors e placas de obras por toda a cidade, infringindo o disposto no art. 73, VI, b, da Lei nº 9.504/97. Sustenta que os candidatos representados [Gutierres Torquato e Eduardo Fortes] têm sido beneficiados com esta conduta vedada, posto ser o prefeito atual apoiador e "cabo eleitoral" em suas campanhas, estando juntos na maioria das propagandas eleitorais”, diz trecho da representação. 

 

A representação levou ao juiz imagens de outdoors que fazem publicidade institucional em período vedado, além de propaganda eleitoral irregular contida em rede social do candidato Gutierres Torquato. 

 

Em sua decisão, o juiz eleitoral Nilson Afonso da Silva condenou o atual gestor municipal ao pagamento de multa. “Assim, considerando que foram demonstradas propagandas institucionais em 5 placas/outdoors e, que o gestor público não é candidato à reeleição, entendo cabível aplicação de multa ao representado Laurez da Rocha Moreira no valor de R$ 5.320,50”. 

 

O juiz também determinou que o prefeito faça a retirada dos materiais no prazo de dois dias, fixando multa de R$ 5 mil/dia por placa/outdoor em caso de descumprimento da decisão, além de retirar demais propagandas institucionais por ventura existentes no site oficial do Município de Gurupi e perfis oficiais da prefeitura, com ressalva àquelas permitidas pela legislação eleitoral durante o período das eleições, até o término das eleições municipais 2020. 

 

Nota

 

Nossa equipe entrou em contato com a Secretaria de Comunicação do atual prefeito, que informou enviar uma nota sobre o assunto. Porém, até o fechamento do texto no site, não recebemos um retorno. O espaço está aberto para a garantia do direito de resposta. 

 

Clique aqui e veja a sentença

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.