Quinta, 21 de Janeiro de 2021 15:07
63 9 8473 3732
Geral Requerimento

Câmara de Gurupi aprova requerimento pedindo autorização do curso de Direito na modalidade EAD

O requerimento será enviado aos membros da bancada federal do Estado e ao MEC pedindo autorização do curso de Direito na modalidade EAD.

15/12/2020 10h35 Atualizada há 1 mês
413
Por: Redacão
Câmara de Gurupi aprova requerimento pedindo autorização do curso de Direito na modalidade EAD

 

Na manhã desta segunda-feira (14), foi incluído na pauta e aprovado por unanimidade durante a 4ª e última Sessão Ordinária de 2020 no Plenário da Câmara Municipal de Gurupi, o requerimento do Vereador Sargento Jenilson em que requer aos membros da bancada Federal do Estado do Tocantins empenho junto ao Ministério da Educação (MEC), a autorização do curso de direito na modalidade EAD (Ensino a Distância). 

  

De acordo com o vereador o requerimento tem o objetivo de solicitar apoio da bancada federal para se empenharem junto ao MEC (Ministério da Educação), a autorização da modalidade EAD para o curso de Direito, além disso esta modalidade online do curso de direito dará aos alunos a flexibilidade do horário de estudo e cobrança de mensalidade mais baixas, o que proporcionará um maior acesso à educação nas universidades, públicas ou privadas, as pessoas que possuem dificuldades diversas de realizar o curso presencial. 

  

Com a Pandemia o isolamento social levou diversas universidades a adotarem temporariamente o ensino à distância como medida de proteção a todos os alunos e professores em 2020.  

  

Sargento Jenilson reforça que o ensino à distância potencializa a oportunidade de outras pessoas terem acesso à educação, “temos hoje diversas situações que são feitas de forma remota, dentro do processo jurídico como: as audiências, as sessões, julgamentos, e porque também não oferecer no aprendizado?”, questionou o parlamentar. E concluiu dizendo que a UnirG vem há mais de 30 anos exercendo o ensino com profissionais vindo de fora, “imagine ela oferecer cursos EAD em todo o Brasil”. 

  

Já existe uma decisão judicial no Tribunal Judiciário do Distrito Federal que garante essa possibilidade, mas que por atuação da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), essa modalidade ainda não foi autorizada. 

  

Durante a sessão o presidente da casa de leis vereador Ataíde Leiteiro manifestou seu apoio a iniciativa do vereador Sargento Jenilson e com a presença em Plenário da futura vereadora Débora Ribeiro relembrou a sua história de vida, “diante da importância do requerimento do Sargento Jenilson peço que todos os vereadores subscrevam e quero dizer que se não fosse a modalidade EAD acredito que a vereadora Débora não teria conquistado a conclusão do seu curso superior, por conhecer sua história”, declarou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (22/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Sábado (23/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio