Terça, 13 de Abril de 2021 06:33
63 9 8473 3732
Saúde Combate ao covid

Pará e Tocantins recebem equipamentos de combate à malária

Entre os bens doados pelo Projeto Novo Estado, da ENGIE, estão microscópios, computadores, equipamentos de proteção individual e outros itens essenciais para o enfrentamento da doença

16/03/2021 14h37 Atualizada há 4 semanas
222
Por: Redacão Fonte: Da Assessoria
Pará e Tocantins recebem equipamentos de combate à malária

Com o objetivo de fortalecer o combate à malária, doença endêmica de algumas regiões do país, como a região norte, o Projeto Novo Estado (PNE), da ENGIE Brasil Energia, realiza a doação de diversos equipamentos essenciais para a identificação e controle da doença no Pará e Tocantins, como parte das suas ações de suporte às comunidades onde está presente.

A atividade integra o Plano de Ação para o Controle da Malária (PACM), que também inclui a capacitação das comunidades locais para atuação de prevenção, controle e diagnóstico da doença. "Parte das Linhas de Transmissão do Projeto Novo Estado estão situadas em áreas onde a malária é endêmica. Sendo assim, nossos esforços são constantes para garantir que a doença permaneça controlada durante todo o período de implantação do projeto", diz Fernando Luzzi, especialista ambiental de implantação da ENGIE.

Na lista de ações para o reforço da infraestrutura de prevenção, controle e diagnóstico da malária nos municípios, estão a aquisição e doação de microscópios, computadores, bombas de borrifação intradomiciliar, entre outros equipamentos. Além disso, também estão sendo doados materiais impressos para uso em campanhas educativas sobre a doença. O Plano também realizará a capacitação de recursos humanos por parte dos Estados, com apoio do PNE. No total, as ações para controle da malária vão abranger 24 municípios, sendo 11 no sudeste do Estado do Pará e 13 no norte do Tocantins.

E ainda, para ratificar a importância da prevenção, diversas medidas são desenvolvidas permanentemente nos canteiros de obras do empreendimento. Entre elas estão os diagnósticos com exames de “gota espessa”, realizados em todos os trabalhadores, ações de educação em saúde, monitoramento Entomológico de Anofelinos (mosquitos) na área de influência, e atividades de controle vetorial.

Sobre a ENGIE

A ENGIE Brasil é a maior produtora privada de energia elétrica do Brasil, com capacidade instalada própria de 10.211MW em 61 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. A empresa possui quase 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa.

Com a aquisição da TAG, a ENGIE é agora também detentora da mais extensa malha de transporte de gás natural do país, com 4.500 km, que atravessam 10 estados e 191 municípios.

Além disso, o Grupo atua no Brasil na comercialização de energia no mercado livre e está entre as maiores empresas em geração fotovoltaica distribuída. A empresa possui ainda um portfólio completo em soluções integradas responsáveis em reduzir custos e melhorar infraestruturas para empresas e cidades, como eficiência energética, monitoramento e gerenciamento de energia, gestão de contratos de fornecimento de eletricidade, iluminação pública, sistemas de HVAC, telecomunicação, segurança e mobilidade Urbana. Contando com 2.750 colaboradores, a ENGIE teve no país em 2019 um faturamento de R$ 10,5 bilhões.

O Grupo é uma referência mundial em energia e serviços de baixo carbono. Para fazer frente às mudanças climáticas, para fazer frente às mudanças climáticas, a ambição da ENGIE é se tornar líder global da transição para uma economia de carbono zero para os clientes, em particular empresas e autoridades locais.  A ENGIE se apoia nas suas atividades chave (energia renovável, gás, serviços) para oferecer soluções competitivas turnkey "as a service". Com seus 160.000 colaboradores, clientes, parceiros e stakeholders, o Grupo é uma comunidade de Construtores Imaginativos, comprometidos a cada dia com um progresso harmonioso.

Receita em 2019: 64,1 bilhões de euros. O Grupo está cotado nas bolsas de Paris e Bruxelas (ENGI) e é representado nos principais índices financeiros (CAC 40, DJ Euro Stoxx 50, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe) e índices não-financeiros (DJSI World, DJSI Europe e Euronext Vigeo Eiris - World 120, Eurozone 120, Europe 120, France 20, CAC 40 Governance).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (14/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (15/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio