Domingo, 20 de Junho de 2021 22:49
63 9 8473 3732
Economia Geração de empregos

Tocantins salta de quinto para o terceiro lugar no ranking nacional de geração de empregos e segue líder entre os estados da Região Norte

Segundo dados do CAGED, o Estado gerou 1.336 novas vagas na variação relativa de abril, o que representa uma variação de 0,70%.

27/05/2021 11h04
74
Por: Redacão Fonte: Lucas Ferreira e Nayna Peres / Governo do Tocantins
Tocantins salta de quinto para o terceiro lugar no ranking nacional de geração de empregos e segue líder entre os estados da Região Norte

De acordo com os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do mercado formal, referentes ao período de abril de 2021, o Tocantins manteve os bons números dos últimos meses e segue como um dos estados que mais abriu postos de trabalho, figurando na primeira colocação entre os estados do Norte do país, com um crescimento de 0,70%.

 

No citado período, foram contratadas 6.604 pessoas e desligadas 5.073, o que gerou um saldo positivo de 1.336 novas vagas de emprego. Em números percentuais, isso representa um crescimento de 0,70%.

 

No Brasil, o Tocantins ocupa a terceira colocação entre os cinco que mais geraram empregos na variação relativa de criação de postos de trabalho formais. No acumulado do mês de abril de 2021, segundo dados do CAGED, divulgados na manhã desta quarta-feira, 26, pelo Ministério da Economia.

 

Levando em consideração o cenário atual, é possível observar que as medidas adotadas pelo Estado, na busca por novos investidores e nas tratativas com novas empresas, vêm contribuindo para os resultados positivos e tem gerado novas oportunidades de trabalho e renda para a população.  

 

Comércio e Indústria são destaque na criação de novos postos de trabalho

 

Os setores econômicos com os melhores desempenhos, relativamente, foram a construção civil, que contratou 1.130 pessoas e desligou 738, gerando um saldo de 392 vagas de empregos - o que representa um crescimento de 3,22%. O setor de serviços vem logo em seguida -  foram contratados 2.271 novos trabalhadores e desligados 1.708, o que trouxe um saldo positivo de 563 novos postos de trabalho, uma melhora de 0,71%.

 

Vale ressaltar que os dados relacionados ao setor de comércio também são promissores: foram admitidas 1.923 pessoas, ao passo que houveram 1.589 desligamentos, gerando um saldo de 334 novas vagas.

 

De acordo com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, os números são reflexo das ações e medidas adotadas pelo governador Mauro Carlesse, citando, como exemplo, as leis de incentivos fiscais e o investimento na logística do Estado. Vale lembrar que o número de incentivos fiscais concedidos nos primeiros meses deste ano, aprovados pelo Conselho de Desenvolvimento Econômico do Tocantins (CDE-TO), supera as expectativas.  Foram 14 novos benefícios, tanto para empresas locais, como também para àquelas que vieram investir no Tocantins.

 

“Queremos muito mais do que preservar postos de trabalho, nosso objetivo é promover a criação de novas oportunidades para todos os tocantinenses. Nesse sentido, temos trabalhado arduamente para que isso aconteça. Mesmo diante do cenário atual e das dificuldades que todos têm enfrentado, somos sensíveis a situação e estamos buscando contribuir para que os empresários possam continuar suas atividades, alavancando, dessa forma, o desenvolvimento econômico e social do nosso Tocantins”, concluiu o titular da Sics, Tom Lyra.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Terça (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio