Domingo, 20 de Junho de 2021 22:34
63 9 8473 3732
Gurupi Piscicultura

Produção de Tilápia é discutida em Gurupi

O projeto de piscicultura, aprovado pelo Governo do Estado, irá beneficiar pequenos produtores rurais da região do município de Gurupi e tem como objetivo alavancar o desenvolvimento econômico da região sul do Tocantins.

10/06/2021 13h08
72
Por: Redacão Fonte: Redação
Foto: Lino Vargas/Secom.
Foto: Lino Vargas/Secom.

Produtores rurais de Gurupi e da região participaram de um encontro realizado na manhã desta quinta-feira, 10, para discutir a possibilidade de ampliar o número de produtores de tilápia. A reunião contou com a participação de representantes do Governo do Estado e do Secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Gurupi, Pedro Dias.

O projeto de piscicultura, aprovado pelo Governo do Estado, irá beneficiar pequenos produtores rurais da região do município de Gurupi e tem como objetivo alavancar o desenvolvimento econômico da região sul do Tocantins.

 

A reunião foi conduzida pelo Secretário Estadual da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, Jaime Café, que destacou que a região de Gurupi tem o ambiente perfeito para implementação do projeto de produção de tilápia e possibilitará aos produtores mais oportunidade de geração de renda. “É o desejo do governador Mauro Carlesse que esse projeto inicie em Gurupi. A produção de peixe é uma atividade sustentável e muito viável”, explanou.

 

Café destacou a importância da produção de tilápia, um peixe que tem uma grande aceitação no mercado nacional e internacional e, por isso, é necessário produzir essa espécie em grande escala.

 

O Secretário de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente de Gurupi, Pedro Dias, afirmou que existem pequenas experiências na criação desta espécie e a intenção é implantar novos criatórios e ampliar a produção dos criatórios que já existem, sendo que muitos deles estão desativados ou produzem outras espécies.

 

“Essa discussão que estamos realizando é voltada totalmente à criação de tilápia, que tem um mercado muito viável. E estamos buscando ampliar a nossa produção, vamos gerar em grande escala de produção e fica mais fácil atrair uma empresa integradora, que possa auxiliar a produção”, explicou Pedro Dias.

 

Conforme o levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, atualmente existem na região de Gurupi cerca de 40 produtores que estão produzindo abaixo da capacidade, ou, com tanques desativados. “Estes produtores poderão ser motivados com a viabilização de recursos do Governo do Estado”, comentou.

 

O produtor Aparecido Castro, que há dois anos iniciou na atividade de piscicultura, participou da reunião. Ele tem apenas dois tanques na sua propriedade e ficou otimista com a oportunidade de ampliar o seu projeto e aumentar a produção. Ele que cria caranha, diz que tem interesse em criar a tilápia, caso consiga a linha de crédito.

 

A prefeita Josi Nunes participou da abertura da reunião e destacou a oportunidade que o Governo do Estado está promovendo para o desenvolvimento da região com esse projeto. “Nossa vontade é que esse projeto auxilie a nossa região a crescer, gerando renda e desenvolvimento. Precisamos fortalecer essa cadeia produtiva”, argumentou, destacando a importante parceria entre a Prefeitura de Gurupi e o Governo do Estado.

 

Seleção Piscicultores

 

O Supervisor Regional do Ruraltins, Francismar Gama, explicou que o órgão é quem está conduzindo os trabalhos de seleção dos produtores de peixe, estudando a viabilidade de cada propriedade. Segundo ele, em seguida será elaborado o projeto ambiental, porque é necessário a licença ambiental e, posteriormente, será feito o projeto de crédito que vai financiar a atividade de piscicultura.

 

Francismar comentou que muitos produtores, em especial, os pequenos, estão demonstrando interesse em iniciar a atividade, e outros, em busca de informações para ampliar as atividades.

 

Crédito

 

O representante da Agência de Fomento do Governo do Estado, Jorge Luiz Matheus, explanou que o projeto de criação de tilápia é uma política pública muito importante e que foi destinado pelo Governo R$ 10 milhões para o custeio. “O Ruraltins entra com o acompanhamento técnico e a Agência de Fomento com o crédito”, enfatizou, completando que os recursos serão liberados conforme o tamanho do projeto.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Terça (22/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio