Terça, 27 de Julho de 2021 03:21
63 9 8473 3732
Saúde Impacto na saúde

Exonerações da Prefeitura de Gurupi geram reflexo negativo na saúde

A prefeitura demitiu quase 170 servidores, muitos deles da área da saúde.

08/07/2021 17h50 Atualizada há 3 semanas
122
Por: Redacão Fonte: Redação
Exonerações da Prefeitura de Gurupi geram reflexo negativo na saúde

O reflexo das exonerações já está sendo alvo de reclamação de usuários da saúde pública municipal de Gurupi, no sul do Tocantins.  Na quarta-feira (07), a prefeitura demitiu quase 170 servidores, muitos deles da área da saúde.

 Em algumas Unidades Básicas de Saúde já falta profissionais, é o que afirma o servidor público, Wagner Lima, que foi até a UBS do bairro Parque das Acácias na manhã desta quinta-feira (08) para tomar a vacina contra a Influenza, mas ao chegar no local, foi informado que precisaria retornar na segunda-feira, pois não tinha profissional para aplicação. “Fui, mas terei que voltar, pois já não tinha mais quem aplicasse”, lamentou o servidor.

 A vereadora da oposição, Marilis Fernandes do (PP), usou as redes sociais para protestar e também foi em algumas Unidades de Saúde e também na UPA, onde segundo a narrativa no vídeo, os servidores da UPA, afirmaram que alguns funcionários trabalham de forma voluntária para não deixar o problema se agravar por causa das demissões.

“ Fui até os locais para constatar de perto o problema. Além das demissões ainda temos problema de falta de medicamentos em alguns lugares, além da falta de dentistas suficientes. Os reflexos das demissões são claros”, disse a parlamentar.  

A prefeitura de Gurupi disse que as demissões foram necessárias para controlar as contas públicas e garantiu que não haveria prejuízo para a comunidade.

Veja a nota:

Nota sobre exonerações na Secretaria de Saúde de Gurupi

 

A Secretaria Municipal de Saúde de Gurupi informa que a redução no número de servidores comissionados da pasta foi feita considerando a urgente necessidade de otimizar os gastos públicos e de adequação financeira do município, ajustando despesas às receitas. A decisão também levou em consideração o respeito aos limites orçamentários com gastos de pessoal previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal.

É preciso reforçar que a Secretaria de Saúde também observou outros índices como, por exemplo, a evolução positiva da vacinação contra a Covid-19 na cidade, que é referência com mais de 41 mil doses aplicadas; e a abertura de novos leitos UTI Covid no Hospital Geral de Gurupi, que resulta na redução da demanda dos serviços da UPA-24h, que vinha prestando atendimentos de alta de complexidade em virtude da grande demanda em meses anteriores.

A Secretaria de Saúde reforça que os referidos desligamentos não vão afetar a qualidade dos serviços prestados à comunidade gurupiense, que seguirá sendo atendida normalmente em todas as unidades de saúde de responsabilidade do município.

Por fim, a pasta assegura que toda a equipe da atual gestão pública municipal segue trabalhando para garantir que os serviços públicos de saúde continuem sendo prestados com máxima eficiência e qualidade.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 21h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quinta (29/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Anúncio