Terça, 30 de Novembro de 2021
°

-

Gurupi Prevenção

Entidades assinam Protocolo de Prevenção e Controle do Uso do Fogo de Gurupi

O documento traz compromissos e ações a serem coordenados e executados pelos diferentes setores da sociedade

20/10/2021 às 22h15
Por: Redacão Fonte: Por Heliana Oliveira – Secom Gurupi
Compartilhe:
Entidades assinam Protocolo de Prevenção e Controle do Uso do Fogo de Gurupi

Durante a programação da 7ª Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi – Sicteg On, que iniciou nesta quarta-feira, 20, foi assinado o Protocolo Municipal de Prevenção e Controle do Uso do Fogo, que tem como objetivo reduzir a incidência de focos de incêndios descontrolado em Gurupi. O documento traz compromissos e ações a serem coordenados e executados pelos diferentes setores da sociedade, interessados em participar e cooperar nos trabalhos de prevenção e controle dos incêndios florestais, coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Pedro Dias, destacou a importância das entidades se unirem em prol da preservação do meio ambiente. “Estamos muito satisfeitos com a junção de forças para a implementação do trabalho do Protocolo do Uso do Fogo”, destacou completando que, se não envolver os atores como os que estão envolvidos, não serão alcançados os objetivos como diminuir os índices dos focos de fogo.

O Diretor de Meio Ambiente de Gurupi, Diego Rocha, reforça que somente com educação, envolvimento de entidades educacionais, orientação aos produtores rurais é que o meio ambiente será preservado. Ele lembra que existe uma cultura de atear fogo em lixo, em quintal, e isso precisa mudar. “É só com a educação que podemos evoluir esse trato que traz tantos efeitos prejudiciais ao meio ambiente e à saúde”, frisou.

 Diego explica que o Protocolo prevê que as 38 instituições envolvidas desenvolvam atividades, de forma voluntária, dentro da sua rotina de trabalho. Cita que as escolas, por exemplo, já trabalham em sua grade curricular a educação ambiental e a Secretaria Municipal Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e outras entidades como Corpo de Bombeiros, Universidades, que se disponibilizam a auxiliar com palestras, por exemplo; além disso, também são realizadas atividades na zona rural como o “Dia de Campo. “O Protocolo do Uso do Fogo vem para incentivar e mobilizar toda essa gama de diferentes instituições”, enfatizou.

Durante o evento a Secretária Municipal da Educação, Amanda Costa, relatou que a educação ambiental é trabalhada na rede municipal desde as séries iniciais, porque a Pasta acredita que as crianças são disseminadoras de boas ações. “O que eles aprendem na escola automaticamente replicam em casa. Além de todas as atividades que já eram realizadas, esse ano integramos à Feira de Ciências as ações de combate ao fogo”, explicou.

O Subcomandante do Corpo de Bombeiros de Gurupi, major Wellington Moura, lembrou que o órgão é responsável pelo combate aos incêndios florestais e que o Protocolo do Uso do Fogo é importante para que outras instituições façam parte do processo de conscientização, fiscalização para que os casos de incêndios sejam diminuídos, assim economizando recursos financeiros e preservando o meio ambiente.

O que prevê o Protocolo

Incentivar a substituição do uso do fogo, como instrumento de manejo do uso do solo, quando isso for possível e priorizar ações visando à conservação ambiental; Buscar alternativas para as atividades Econômicas da região, que não utilizem o fogo e propiciem a diversificação e rendimento ao produtor, garantindo a sustentabilidade ambiental; Contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população do município e região, bem como, o fortalecimento e a agregação da sociedade.

Fazem parte deste Protocolo as seguintes Instituições Públicas e segmentos da sociedade de Gurupi listados a seguir:

Prefeitura de Gurupi; Câmara de Vereadores; Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente; Secretaria Municipal de Comunicação; Secretaria Municipal da Educação; Secretaria Municipal de Saúde; Secretaria Municipal de Administração; Secretaria Municipal de Infraestrutura; Ruraltins; Sindicato Rural de Gurupi; Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins; Diretoria Regional de Educação de Gurupi – DRE;  AGAB - Associação Gurupiense dos Amigos do Basquetebol; Escola Municipal de Tempo Integral Antônio Lino de Sousa ; Creche Espírita Pré- Escola Maria Madalena; Escola Municipal Agripino de Sousa Galvão;  Escola Municipal Lenival Correia Ferreira; Escola Municipal Odair Lúcio; Instituto Beneficente Irmã Dulce; APAE - Assoc. de Pais dos Excepcionais; Escola Municipal Dr. Ulisses Guimarães; Escola Municipal Professor Joel Ferreira; Escola Municipal Professor Valnir de Souza Soares; Escola Municipal de Tempo Integral Benevenuto Alves; Escola Estadual Dr. Joaquim Pereira da Costa; Colégio da Policia Militar do Tocantins-Unidade VI Presidente Costa e Silva; IFTO Instituto Federal do Tocantins 28. UNIRG - Universidade de Gurupi; Associação dos Produtores Rurais do PA Vale Verde – APAVALE; Associação Gurupiense de Apicultores; Associação dos Pequenos Produtores Rurais da Região do Vale da Serrinha; Associação dos Pequenos Produtores Rurais 12 de Outubro; Associação dos Pequenos Produtores Rurais da região de Gurupi – Micro Jandira; Associação dos Pequenos Industrial de Gurupi; Produtores Rurais; Chacareiros; Associação dos Pequenos Agricultores da Região da Larguinha; Polícia Rodoviária Federal; 3ª Companhia Ambiental de Gurupi – BPMA; CeMAF - Centro de Monitoramento Ambiental e Manejo do Fogo (CeMAF) e Universidade Federal do Tocantins.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.