Terça, 30 de Novembro de 2021
°

-

Gurupi Crime ambiental

Moradora denuncia acúmulo de lixo em Gurupi, pede mais conscientização e fiscalização

Os lixos jogados na natureza ocasionam diversos problemas, entre eles, o acumulo de insetos e roedores que levam muitas doenças para os seres humanos

21/10/2021 às 20h44 Atualizada em 23/10/2021 às 01h34
Por: Redacão Fonte: Por: Clifton Morais/jornalista
Compartilhe:
Crédito das fotos: Wanklyzya Carla Gonçalves Barbosa Tavares
Crédito das fotos: Wanklyzya Carla Gonçalves Barbosa Tavares

“ São seis anos que vejo o lixo jogado em uma área ambiental aqui no bairro onde eu moro em Gurupi”. O depoimento é da professora, Wanklyzya Carla Gonçalves Barbosa Tavares, que denuncia a falta de respeito de alguns moradores por jogarem vários tipos de resíduos em uma área aberta. Ela também cobra mais agilidade dos órgãos públicos na fiscalização.

Segundo a moradora, os lixos estão sendo jogados no final da avenida B, do bairro Parque dos Buritis. “ O local é na divisa com o bairro Jardim América. Não vejo nenhuma ação de limpeza por aqui. Existe uma placa só por existir, mas ninguém respeita”, desabafa a professora.   São lixos domésticos, restos de materiais de construção, animais mortos entre outros.  

O problema é preocupante e acontece em vários outros locais de Gurupi.  A temática lixo e cidadania entrou em pauta na programação   da Semana Nacional   de Ciência e Tecnologia (SICTEG), que está acontecendo em Gurupi. Um dos debates é a educação ambiental.   O assunto meio ambiente é discutido em diversas programações, nas escolas, em ações de conscientização, porém, o que pouco se observa é uma colaboração da própria comunidade, pois cometem diariamente crimes ambientais.

Nossa reportagem ouviu a professora de educação ambiental, Edna Maria Cruz Pinho, que destacou a importância de um trabalho mais pontual   sobre conscientização. “ A sociedade tem muito para consumir, mas não sabe o que fazer com os produtos que são usados. Falta uma proposta de educação ambiental que orienta a sociedade sobre essas questões e isso deve ser feito de forma mais constante. Muitos não têm consciência que está causando um dano enorme ao meio ambiente. É um problema individual e coletivo”, destacou   a educadora.

 Edna explica também que os lixos jogados na natureza ocasionam diversos problemas, entre eles, o acumulo de insetos e roedores que levam muitas doenças para os seres humanos. A própria dengue é um dos problemas mais recorrentes por causa do lixo jogado no meio ambiente.

Sobre a área citada na reportagem, a prefeitura de Gurupi, garantiu que no início do mês de novembro o local com os resíduos será limpo e que as fiscalizações acontecem constantemente e por meio de denúncias da população. A Diretoria de Meio Ambiente reforçou que o morador que for pego jogando lixo no meio ambiente pode ser multado e preso. Para denunciar, a comunidade pode ligar na Ouvidoria do Município, no 3315-0077, ou na Diretoria de Meio Ambiente, pelo 3310-4338, ambos são whatsapp. A população também pode fazer sua denúncia pelo aplicativo Colab.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.