Segunda, 24 de Janeiro de 2022
°

-

Política Impeachment

Processo de impeachment contra Carlesse deve durar até 180 dias para ser concluído

Mauro Carlesse rebateu o processo de impeachment e disse que não teve nem chance de se defender.

08/12/2021 às 10h14 Atualizada em 08/12/2021 às 10h15
Por: Redacão Fonte: Redação
Compartilhe:
Processo de impeachment contra Carlesse deve durar até 180 dias para ser concluído

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Antonio Andrade (PSL), aceitou nesta terça-feira, 7, o pedido de impeachment protocolado pelo advogado Evandro de Araújo Melo Júnior, que alega crime de responsabilidade, contra o governador afastado Mauro Carlesse (PSL).

Segundo a Assembleia Legislativa, o pedido de impeachment acatado pela Mesa Diretora, cumpre os requisitos formais. Todos os pedidos protocolados na Casa foram analisados anteriormente pela Procuradoria do Parlamento.

Agora a decisão de abertura do impeachment deverá ser publicada no Diário da Assembleia. Um ato da Mesa Diretora (em forma de Resolução) deve informar o rito do processo, bem como como a instalação da Comissão Processante, formada pelos parlamentares indicados pelos líderes dos blocos partidários. O processo de impeachment tem prazo de até 180 dias para ser concluído.

Mauro Carlesse rebateu o processo de impeachment  e disse que não teve nem chance de se defender. “ O Governador Mauro Carlesse considera um ato apressado e impensado a possibilidade de admissão do impeachment pela Assembleia Legislativa, quando o processo existente no STJ encontra-se ainda em fase de inquérito e que seu afastamento se deu apenas com base em uma investigação unilateral, sem que tivesse tido o direito de ser ouvido e de apresentar preliminarmente documentos que desconstroem totalmente a tese apresentada pelo MPF”, disse a nota enviada pela assessoria de Mauro Carlesse.

 

A nota diz também que na última semana, o governador Mauro Carlesse pode apresentar seu pedido de reconsideração, uma vez que a defesa teve seu trabalho obstruído com a não liberação da totalidade do conteúdo dos autos, o que dificultou a atuação dos advogados de Carlesse e consequentemente, cerceou seu direito de defesa.

 

O governador Mauro Carlesse segue sereno, com a consciência tranquila de que seus atos sempre foram para resgatar a credibilidade do Estado e recuperar as contas públicas, como primeiro resultado, pode ser apresentado o reenquadramento do Tocantins na Lei de Responsabilidade Fiscal, bem como a retomada início e conclusão de grandes obras, como prova da recuperação da capacidade de investimento. Vitórias que o Tocantins obteve com a participação decisiva dos deputados estaduais que sempre apoiaram essas medidas de austeridade, visando o desenvolvimento do Estado.

 

O governador Mauro Carlesse confia na Justiça Brasileira e nos justos. E aguarda que seu recurso seja deferido para o retorno ao cargo para o qual foi eleito com a maior votação da história do Tocantins.

 

Assessoria de Imprensa

Governador Mauro Carlesse

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.