Segunda, 24 de Janeiro de 2022
°

-

Gurupi Progressão

Prefeitura de Gurupi pagará progressão salarial a professores do município

Mais de 350 profissionais da sala de aula entraram com requerimento na Diretoria de Modulação e Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal da Educação (SEMEG), para ter concedida essa promoção funcional por avanço vertical da carreira do Magistério Público Municipal da educação básica.

14/12/2021 às 16h57
Por: Redacão Fonte: Texto e Fotos: Débora Ciany – Ascom Semeg
Compartilhe:
Prefeitura de Gurupi pagará progressão salarial a professores do município

Estão em fase de análise os processos e documentos apresentados pelos professores efetivos, tanto graduados quanto normalistas da rede municipal da Educação de Gurupi que pleiteiam progressão vertical em 2021. Mais de 350 profissionais da sala de aula entraram com requerimento na Diretoria de Modulação e Gestão de Pessoas da Secretaria Municipal da Educação (SEMEG), para ter concedida essa promoção funcional por avanço vertical da carreira do Magistério Público Municipal da educação básica.

 

Segundo João Paulo Lima, Diretor de Modulação e Gestão de Pessoas da SEMEG, essa progressão precisa ser feita a cada três anos, conforme o Plano de Cargos e Carreira e Remuneração (PCCR), mas, não era concedida pela Prefeitura de Gurupi desde 2015. “Temos mudanças de níveis como por exemplo, o professor concursado normalista, que passará a ser remunerado como nível graduado. Os normalistas de nível 2, progridem para normalista 3 e estes passam a ser contemplados com aumento salarial”, explicou. 

 

Ainda conforme Lima, essa progressão vertical da qual só têm direito servidores efetivos, consiste na elevação do servidor ocupante de cargo efetivo, de um padrão para outro, por obtenção de titulação específica. Para alcançar essa progressão devem ser observados os requisitos que constam no PCCR.

 

Esse trabalho com o estudo das progressões de docência na rede municipal da educação de Gurupi começou no mês de agosto deste ano, quando uma comissão permanente foi designada pela Secretária da Educação de Gurupi, Amanda Costa, para tratar do assunto. Os membros criaram subcomissões para realização de levantamentos entre os quais o quantitativo de servidores aptos à progressão.

 

Comissão

 

Nesta terça-feira, 14, a comissão responsável fez uma espécie de mutirão para analisar toda a documentação apresentada pelos professores, para verificar se está conforme os critérios do PCCR. Ainda devem emitir parecer e relatório conclusivo da seleção dos servidores contemplados e daqueles que não se encaixaram na progressão vertical.

 

A última etapa após a análise e julgamento dos processos é elaborar a lista classificatória com a relação dos contemplados. Ainda serão concedidas progressões horizontais para todos os professores da educação básica que têm o direito.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.