Quinta, 26 de Maio de 2022
Gurupi Empreender

Educação empreendedora será implantando nas escolas do do Tocantins

A parceria vai permitir a realização de um trabalho conjunto entre a Seduc e o Sebrae, com a proposta de um programa de formação continuada no âmbito da política de inovação e tecnologia, desenvolvimento de líderes, e formação de docentes e estudantes

01/04/2022 às 09h34
Por: Redacão Fonte: Da assessoria
Compartilhe:
 Educação empreendedora será implantando nas escolas do do Tocantins

Desenvolver competências da comunidade educacional que favoreçam a transformação do Ensino Médio no Tocantins, implementando a Educação Empreendedora alinhada à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Esse é o principal objetivo do Termo de Parceria assinado pelo governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-TO), na noite dessa quinta-feira, 31, em Luzimangues, distrito de Porto Nacional, durante a abertura do Seminário de Líderes da Educação, promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e premiação dos vencedores do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora.

A parceria vai permitir a realização de um trabalho conjunto entre a Seduc e o Sebrae, com a proposta de um programa de formação continuada no âmbito da política de inovação e tecnologia, desenvolvimento de líderes, e formação de docentes e estudantes. “Essa parceria com o Sebrae vai despertar o empreendedorismo, um tema fundamental na vida dos nossos professores e dos nossos alunos. A profissão de professor é um sacerdócio, as pessoas que gostam de estudar, gostam de ensinar, mas o mundo é muito competitivo e o professor pode também pode ter outras atividades e da mesma forma os nossos alunos. O Sebrae é uma instituição séria, que transmite esse conhecimento”, pontuou o Governador.

O titular da pasta da Educação, Fábio Vaz, destacou a importância da parceria para agregar conhecimento aos gestores educacionais, bem como, aos estudantes. “O Sebrae tem uma grande expertise, principalmente no que diz respeito ao empreendedorismo, e isso vai agregar muito ao nosso novo Ensino Médio nas nossas escolas estaduais”, comentou. Fábio Vaz explicou ainda, que por meio da parceria serão atendidas 296 escolas de nível médio que contam com o protagonismo juvenil.

A parceria vai permitir desenvolver e instrumentalizar os gestores educacionais; habilitar professores com metodologias com foco no desenvolvimento integral; disponibilizar para aplicação aos alunos metodologias que promovam o protagonismo estudantil; e implementar processos tecnológicos nas escolas que favoreçam a inovação.

O superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, afirmou que normalmente as pessoas veem a instituição como uma prestadora de serviços voltados para as empresas, desenvolvimento econômico e desconhecem essas práticas ligadas à educação. “O Sebrae tem uma atuação cada dia mais forte na educação e hoje é um momento especial porque estamos selando parceria com o Governo do Tocantins para levar as ações do Sebrae às escolas estaduais”, ressaltou.

Seminário

O Seminário, que se estende até sábado, 2, no Colégio de Tempo Integral Elizângela Glória Cardoso, contou com uma palestra com o tema Volta às aulas e os Desafios da Gestão, ministrada pela pedagoga, escritora, palestrante e especialista em BNCC e currículo e reforma do Novo Ensino Médio, Priscila Boy.  

O seminário Líderes da Educação tem como objetivo fortalecer o papel dos gestores escolares, por meio da realização de oficinas em que serão trabalhados temas como a inovação na gestão, empreendedorismo, fortalecimento do protagonismo juvenil, e a adequação ao Novo Ensino Médio. O evento contou com representantes de 496 unidades de ensino da rede estadual, 13 diretores regionais de Educação e outros profissionais ligados às unidades escolares. Os profissionais terão a oportunidade de participar de duas das 12 oficinas que ocorrem neste sábado.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.