Quinta, 26 de Maio de 2022
Saúde Vacina da gripe

Começou hoje a vacinação contra gripe e sarampo em Gurupi

Idosos e profissionais da saúde são os primeiros a receberem a dose

07/04/2022 às 11h18 Atualizada em 07/04/2022 às 11h44
Por: Redacão Fonte: Texto e Fotos: Nicéia Menegon – Ascom Semus
Compartilhe:
Começou hoje a vacinação contra gripe e sarampo em Gurupi

A Secretaria Municipal da Saúde (SEMUS) dá início à campanha de vacinação contra a Influenza, ou Gripe, e Sarampo no município de Gurupi, oficialmente a partir desta quinta-feira, 07. A vacinação acontecerá em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), primeiramente para os profissionais de saúde e idosos a partir de 60 anos, de acordo com os grupos prioritários preconizados pelo Ministério da Saúde. Em reunião com a equipe de vacinadoras, na tarde desta quarta-feira, 06, a coordenadora de imunização de Gurupi, Lilamara Oliveira Miranda Tavares, elucidou as dúvidas e repassou as orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual da Saúde, bem como o cronograma para a implementação da Campanha de Vacinação contra a Gripe e Sarampo no Município.

“Semana passada participei de uma reunião em Palmas sobre as diretrizes da Campanha e agora estou repassando tudo para nossas equipes, como as etapas, cronograma e públicos-alvo definidos para a população gurupiense”, informa Lilamara. 

Ainda segundo a coordenadora, além da vacinação fixa nas UBS, já estão previstas algumas atividades volantes em locais específicos para agilizar e facilitar a imunização. A Campanha de Vacinação contra a Gripe e Sarampo acontecerá em duas etapas, até dia 03 de junho de 2022. 

A Primeira Etapa se estenderá entre o início das aplicações até o dia 2 de maio, para os profissionais de saúde e idosos com 60 anos ou mais. Os profissionais de saúde deverão comprovar a atuação na área. Já a Segunda Etapa, está definida para ocorrer a partir do dia 02 de maio até 03 de junho. 

O “Dia D” de mobilização nacional acontecerá dia 30 de abril, no último sábado do mês, quando todas as UBS’s estarão abertas ao público, finalizando a vacinação dos profissionais de saúde, idosos com 60+ e incluindo as crianças de 6 meses a menores de 5 anos. O objetivo é vacinar, pelo menos, 90% de cada um dos grupos prioritários para vacinação contra Influenza e Sarampo.

Importância da vacinação

A campanha de imunização é nacional e, pela primeira vez, será realizada de forma simultânea, contra a Influenza e o Sarampo. A cobertura vacinal em, 2021, ficou em 82,45%.

Na rede pública de saúde, a vacinação contra Influenza ou Gripe é trivalente, isto é, protege contra três tipos de Influenza: a H1N1, a H3N2 – que contempla a variante Darwin, registrada no início do ano – e a Influenza B. A vacina é segura e reduz as complicações que podem levar aos casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. Por isso, é preciso que o público-alvo compareça aos postos para receber as doses. 

Vacinação simultânea

Juntamente com a vacinação contra Influenza ou Gripe, também serão aplicadas a vacina contra o Sarampo. A dose da vacina tríplice viral que garante a proteção contra sarampo, rubéola e caxumba, também. A vacina da Influenza e do Sarampo podem ser administradas simultaneamente, uma em cada braço.

 Todas as crianças a partir de 6 meses até 5 anos de idade deverão receber a vacina contra o Sarampo, independentemente de terem tomado anteriormente ou não.   As vacinas não devem ser administradas para pessoas que possuam sintomas gripais, que tenham testado positivo para Covid-19 nos últimos 30 dias ou pessoas com história de anafilaxia grave a doses anteriores, segundo o Ministério da Saúde.

Cronograma de Vacinação contra a Gripe e Sarampo:

07/04 – Idosos a partir de 60 anos e profissionais da saúde;

 

30/04 – Crianças (6 meses a menores de 5 anos), idosos a partir de 60 anos e profissionais da saúde; 

02/05 a 03/06 – Todos os demais públicos: Gestantes e puérperas; povos indígenas; professores; pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; forças de segurança e salvamento; forças armadas; funcionários do sistema de privação de liberdade; população privada de liberdade e jovens em medidas socioeducativas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.