Sexta, 10 de Julho de 2020
63 9 8473 3732
Geral Educação Especial

Professores que atuam na educação especial podem participar de formação pela UFT

Estão sendo oferecidas 50 vagas e o curso será oferecido pela Universidade Federal do Tocantins

18/02/2020 11h11
296
Por: Redacão Fonte: Josélia de Lima/Governo do Tocantins
Professores que atuam na educação especial podem participar de formação pela UFT

Os professores da rede estadual do Tocantins que atuam na educação especial têm até o dia 10 de março para se inscrever no curso de pós-graduação lato sensu em Transtorno do Espectro Autista (TEA) no âmbito das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação. As inscrições poderão ser feitas pelo endereço eletrônico [email protected].

 

Estão sendo oferecidas 50 vagas e o curso tem a finalidade de promover a qualificação, por meio da inserção das tecnologias digitais, de professores em exercício do magistério, que estejam no setor de educação especial, e que atuem juntamente com estudantes com esse tipo de transtorno.

 

Paola Regina Martins Bruno, gerente de Educação Especial da Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), esclarece que esta especialização representa uma grande oportunidade de formação para os professores. “É um curso gratuito, com módulos ministrados a cada 15 dias, com a presença de professores renomados. E como cresce a cada ano, nas escolas estaduais, o número de alunos que apresentam o transtorno do espectro autista, incentivamos que os nossos docentes aproveitem essa oportunidade de capacitação”, explicou. Atualmente, no Tocantins, a rede estadual atende a cerca de 500 estudantes autistas.

 

O curso será ofertado pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), por meio da Pró-Reitoria de Pesquisas e Pós-Graduação (Propesq) e do Instituto de Pesquisas e Extensão de Desenvolvimento Regional do Centro Norte Brasileiro (Ibex-Regional). O processo de seleção será realizado por meio de análise de currículo e de carta de intenção, esta deverá ser elaborada pelos candidatos. A previsão é que o curso tenha início em 3 de abril.

 

No ato de inscrição estão sendo exigidos documentos pessoais, diploma e histórico do curso superior, comprovante de quitação com as obrigações eleitorais e currículo Lattes ou Vitae. Mais informações, os candidatos devem obter no endereço eletrônico https://ww2.uft.edu.br e da Fundação de Apoio Científico e Tecnológico do Tocantins (Fapto) - https://fapto.org.br/.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.